top of page

Prefeito de Araguaína Sob Pressão do TCE: Obras Milionárias Paralisadas e Licitações Suspeitas



O Tribunal de Contas do Estado (TCE) questionou o prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues (UB), sobre uma extensa lista de obras paralisadas na cidade, incluindo escolas, unidades básicas de saúde e o Centro de Convenções. O TCE, em sua política de monitoramento, destaca cerca de 708 obras públicas paralisadas em todo o Estado, com um investimento total de 2,7 bilhões de reais.


A auditoria do TCE revelou problemas significativos em Araguaína, levantando questionamentos sobre licitações para novas obras semelhantes às já paralisadas. O tribunal determinou a suspensão desses procedimentos até a elaboração de um plano de ação para a conclusão dos projetos interrompidos.


Além disso, a prefeitura foi intimada a esclarecer todas as obras licitadas ou paralisadas, fornecendo justificativas para possíveis irregularidades. O TCE também cobrou explicações detalhadas sobre as contratações milionárias de construtoras para serviços de pavimentação em diferentes bairros da cidade.


Diante dos questionamentos, a gestão do prefeito Wagner Rodrigues (UB) elaborou um extenso documento apresentando a situação de cada obra. Confira abaixo o relatório completo enviado ao TCE, revelando os detalhes das obras problemáticas e as respostas da prefeitura às acusações.


83 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page