top of page

"Perdeu mané!" O Brasil não é um país sério - "Brésil n'ont è pas un pays sérieux"





Regado de uísque, vinho e espumantes, o ministro das famosas frases 'eleição não se ganha, se toma', 'perdeu mané' e 'Nós derrotamos o bolsonarismo', Luís Roberto Barroso, toma posse como o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Percebe-se, que a seriedade e imparcialidade do judiciário caíram no samba assim como o ministro Barroso, definitivamente "o Brasil não é um país sério" frase dita originalmente "Edgar, le Brésil n'ont è pas un pays sérieux" nunca encaixou-se tão bem nesta situação, em qualquer república que prese-se o ministro seria investigado processado por frases que soam, imparcialidade, ativismo político prática condenável inclusive pelo Conselho Nacional de Justiça, cujo presidente é justamente Luís Roberto Barroso. Infelizmente o brasileiro é obrigado a assistir atônico a espera de um dia milagroso em que o congresso coloque fim neste espetáculo tenebroso.


Confira como foi a festa luxuosa de Barroso


A festa aconteceu após a cerimônia de posse do cargo, na última quinta-feira (28). O magistrado subiu ao palco do evento e se juntou ao sambista Diogo Nogueira para uma performance.


Em imagens amplamente compartilhadas pelas redes sociais, Barroso e Diogo Nogueira cantam juntos o clássico samba-enredo 'Aquarela Brasileira', de Silas de Oliveira.

No palco, também é possível avistar os filhos do ministro, Luna van Brussel Barroso e Bernardo van Brussel Barroso.


A festa foi promovida pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e teve lugar no espaço Unique Palace, em Brasília. Os convidados precisaram adquirir ingressos, com preço médio de R$ 500, que rapidamente se esgotaram.


Dentre os presentes no evento, destacam-se ministros como Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Edson Fachin, Dias Toffoli e Cristiano Zanin, além do ex-ministro Ricardo Lewandowski e outros nomes importantes da esfera jurídica. Familiares e amigos de Barroso, que vieram do Rio de Janeiro, também participaram da celebração.

A posse de Barroso no STF seguiu o protocolo tradicional. O ministro assinou o termo de posse e fez o juramento à Constituição. A cerimônia continuou com discursos de representantes da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).


Barroso proferiu o juramento: 'Prometo bem e fielmente cumprir os deveres do cargo de presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, em conformidade com a Constituição e as leis da República'.

O evento teve como destaque a participação da cantora Maria Bethânia, convidada para interpretar o Hino Nacional. Os presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também estiveram presentes."



229 visualizações1 comentário

댓글 1개

별점 5점 중 0점을 주었습니다.
등록된 평점 없음

평점 추가
게스트
2023년 9월 29일
별점 5점 중 5점을 주었습니다.

Show

좋아요
bottom of page