O TAL RELATÓRIO: SORRIA VOCÊ ESTÁ SENDO ENGANADO PELA MÍDIA



Mal saiu o relatório e as grandes mídias já tinham um veredito sólido e convincente, "relatório das forças armadas não apontam fraude". Será? Caso você não tenha sequer aberto o documento deixaremos disponível aqui para que não saia cuspindo pelos dedos bobagens na Internet.


https://drive.google.com/file/d/1yrTwAy5LsCj8fWaXXVXbDSvbYdyPg1Xc/view


Leu pelos menos as primeiras 2 (duas) páginas? Caso tenha lido, percebe-se que de acordo com o documento, ainda na primeira página eles dizem que não é possível afirmar que o sistema eletrônico está isento de código malicioso. O que raios isso quer dizer? Simplesmente que não houve como concluir a lisura do sistema eleitoral, deste modo como não foi possível fazer uma auditoria técnica correta o eleitor que engula todas as informações que o Tribunal Superior Eleitoral presidido até outrora por Alexandre de Morais disponha pois este órgão e somente ele poderá te trazer resposta e a resposta é, não comentem não questionem ou serão tratados como criminosos.


Nesta senda, o brasileiro pode ter uma única certeza, o sistema é questionável. Adentrando ao conteúdo do documento verifica-se que as forças armadas esbarrou em vários muros para analisar e auditar todo o sistema, sendo que foi impedida por parte do TSE de acessar dados imprescindíveis para uma melhor conclusão.


Do outro lado da praça em Brasília, enquanto o povo manifesta-se nas ruas, Alexandre de Morais é premiado na comissão da Câmara, que por maioria aprovou sua premiação por um processo questionável e duvidoso, enquanto isso a censura e as punições continuam por todos aqueles que ousarem questionar a "lisura" do processo eleitoral.

94 visualizações0 comentário