GILMAR MENDES E SEUS FEITOS! REELEIÇÃO DOS PRESIDENTES DO LEGISLATIVO?



Hoje é um dia muito importante para o Brasil, absurdamente a pauta do Supremo Tribunal Federal - STF é a possibilidade de reeleição do presidente da câmara dos deputados e do presidente do senado.


Ocorre que a Constituição Federal de 1988 no artigo 57 parágrafo 4 não deixa dúvidas, ou margem para interpretação quando dispõe que é "vedada a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente.".


Qualquer tipo de interpretação contrária a este texto é simplesmente ignorar, pisar na constituição, mas é claro que não é primeira vez que isso ocorre no Brasil, o STF que tem o dever de guardar a constituição, mas já a modificou por diversas vezes.


O Supremo Tribunal Federal a serviço do legislativo?


Inicialmente você precisa saber que o ministro responsável pela pauta é Gilmar Mendes, a evidência de estar a serviço do legislativo é demonstrada pelo seu histórico, em 2017 o ministro foi flagrado numa interceptação com o senador Aécio Neves, articulando sobre a aprovação de um projeto lei, mas a ficha de Gilmar Mendes é bem longa e colocaremos alguns dos absurdos que comentei ao longo de sua carreira.


No Brasil o STF tem usurpado funções do executivo e articulado com o legislativo ao longo dos últimos anos, sem nenhum tipo de punição, perdendo a credibilidade com a população que anda a cada dia descrente do poder judiciário.


Os feitos de Gilmar Mendes


Nomeado por Fernando Henrique Cardoso-FHC (PSDB), Gilmar mandou arquivar duas ações cfontra ex-ministros de FHC, Pedro Malan e José Serra (PSDB).


1- Autorizou por duas vezes a soltura de Daniel Dantas, preso por corrupção e suborno.


2- Concedeu habeas-corpus corpus ao médico Roger Abdelmassih acusado de 56 crimes sexuais.


3- Votou contra a prisão de segunda instância.


4- Autorizou a soltura de Anthony Garotinho.


5- De acordo com a Polícia Federal, haviam 46 ligações entre os celulares de Gilmar Mendes e Aécio Neves, quando o então senador já estava sendo investigado por suspeita de receber propina da JBS.


6- Concedeu habeas-corpus para o empresário Eike Batista, o interessante é que a esposa de Gilmar trabalhava em escritório de advocacia que prestava serviço ao empresário.


7- Mandou arquivar investigações sobre Aécio Neves (PSDB) e Jorge Viana (PT).


8- Manda arquivar inquérito que apurava suposto envolvimento de Aécio no caso Furnas.


9- Foi Investigado pela Receita Federal.


10- Incitou a animosidade entre as forças armadas , violando a lei de segurança nacional.


Os inúmeros feitos do ministro são suspeitos, assombrosos e claro que não cabem em um único e simples post, foram destacados alguns que já bastariam para que este ministro já não fizesse parte do judiciário.


Lamentável, em um país sério este senhor deveria estar afastado, investigado e caso condenado, já deveria estar cumprindo pena, mas no Brasil isso parece estar bem longe da realidade e a população está exposta aos caprichos de interesses que destoam do bem comum.


354 visualizações0 comentário