top of page

Em Araguanã: Presidente da Câmara cassado por desvio de mais de R$135 mil


A Câmara Municipal de Araguanã decidiu, por uma margem estreita de votos, cassar o mandato do ex-presidente Juairam Borges Távora. Após intensa investigação que revelou um esquema de desvio de dinheiro público, a votação foi marcada por tensão e expectativa na noite de 27 de fevereiro.


O relatório da CPI, incisivo e contundente, expôs como Juairam teria desviado mais de R$135 mil das contas da Câmara em um período de apenas três meses, sem qualquer prestação de contas ou justificativa plausível. A decisão da Câmara reflete a indignação diante da malversação dos recursos destinados ao bem-estar da comunidade.


Em um depoimento exclusivo, um vereador que apoiou a cassação afirmou: "Recebemos evidências claras do desvio de verbas, e era nosso dever tomar uma atitude enérgica para preservar a integridade da instituição e dos recursos públicos. A cassação foi a medida necessária para restaurar a confiança dos cidadãos em nossa gestão."


Com a cassação de Juairam Borges Távora, seu primeiro suplente, Cleiton Sanfer, assumirá o cargo na Câmara Municipal. O resultado da votação, com 6 votos a favor da cassação e 3 contra, reflete a determinação dos representantes do povo em combater a corrupção e garantir transparência na administração pública.

105 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page