top of page

Denúncia: Prefeitura de Xambioá tem Contratos com Contador Condenado.



Xambioá - A gestão da Prefeita Patrícia Evelin (DEM) está sob escrutínio, tendo em vista a contratação do contador Fábio Brito de Moura, que, segundo informações, recebeu um montante significativo de R$2.478.000 ao longo dos 7 anos e 1 mês de sua gestão. No entanto, a contratação levanta sérias questões legais, conforme destacado pela lei municipal N° 216/2010.


A legislação proíbe a contratação de pessoas condenadas, fundamentada nos princípios da Lei da Ficha Limpa. No caso específico, o processo judicial de número 0000.327-73.2019.8.27.2742 revela que Fábio Brito de Moura foi condenado por estelionato, violando diretamente as normas estabelecidas pela lei, não obstante, é necessária uma investigação para apurar se há a proibição direta neste caso específico.


É fato que os valores recebidos por Moura são expressivos , provenientes de diversos órgãos municipais, incluindo Prefeitura, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação e Secretaria de Assistência Social, totalizam R$2.478.000 até o mês de janeiro.


É crucial ressaltar que, em conformidade com os princípios do Estado de Direito, os fatos devem ser investigados, no entanto, é fato que

o contador Fábio Brito de Moura, 30 anos, já foi preso em flagrante, em Xambioá em 2009 tendo, respondendo por diverosos crimes neste, foi acusado de falsificar documentos públicos. De acordo com o delegado Danilo Brilhante, na época o acusado era ex-contador da prefeitura e mantinha um escritório de contabilidade no Centro da cidade.


A população de Xambioá aguarda uma resposta transparente e diligente por parte das autoridades competentes para esclarecer as circunstâncias em torno da contratação de Fábio Brito de Moura e garantir a conformidade da gestão municipal com as leis vigentes.

869 visualizações0 comentário
bottom of page