top of page

Autor de homicídio em Piraquê é preso pela Polícia Civil em Araguaína

Da Redação

Itens apreendidos durante cumprimentos das ordens judiciais - Foto: DICOM SSP TO

Uma ação conjunta da Polícia Civil realizada na sexta-feira, 20, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 38 anos, em Araguaína.

O indivíduo é apontado como sendo um dos autores da morte de John Kennedy Miranda de Oliveira, cujo corpo foi encontrado às margens da BR-153, no último mês de julho, entre as cidades de Piraquê e Wanderlândia. Ele foi capturado em uma residência no setor Monte Sinai.

Conforme explica o delegado Breno Campos, a ação também resultou na prisão de outro indivíduo, que estava no local de posse de um revólver, calibre 38, que pode ter sido a arma utilizada para matar John Kennedy. “A operação se deu em cumprimento a três mandados de busca e apreensão, após investigações realizadas pela 2ª DHPP e pela 30ª DP apontarem que os autores do crime estariam residindo nessas residências, que ficam localizadas nos setores Monte Sinai e Cidade Nova”, disse o delegado Breno.

O delegado Márcio Lopes ressalta que os mandados de busca foram expedidos pelo juiz criminal da cidade de Wanderlândia, após representação da autoridade policial com base nas investigações da Polícia Civil a fim de esclarecer a morte da vítima e identificar os autores.

“Restou comprovado durante as investigações que o indivíduo preso, em companhia de um homem de iniciais A.D.M.D, de 41 anos, atraíram a vítima para o Balneário Ponte, no município de Wanderlândia, onde passavam dia. Logo após saíram a noite, assassinaram John Kennedy a tiros e depois desovaram o corpo em um rio às margens da BR-153, entre Wanderlândia e Piraquê” frisou o delegado Márcio Lopes.

O delegado Breno pontua que a arma, possivelmente utilizada na prática do crime, e demais itens relacionados à investigação, tais como celulares e documentos, foram localizados pelas equipes das duas unidades policiais.

Posse ilegal de arma de fogo


Durante as buscas em uma das residências, os policiais civis prenderam um homem de 35 anos, que é cunhado de um dos autores, por posse ilegal de arma de fogo. Porém, o segundo autor do crime ainda não foi localizado, mas continua sendo procurado pela Polícia Civil. Após a realização das providências legais cabíveis, os dois homens presos foram recolhidos à Unidade Penal de Araguaína, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

“Trata-se de um crime de homicídio que foi totalmente esclarecido, sendo que um dos autores já foi preso pela Polícia Civil e o segundo segue sendo procurado para que ambos possam enfrentar a sanção penal pelo ato que tirou a vida da vítima de forma covarde”, disse o delegado Breno.

“Com a captura desse primeiro envolvido, a Polícia Civil cumpre seu papel institucional de esclarecer mais esse crime contra a vida, identificando seus autores para que os mesmos possam responder perante o tribunal do Júri, pela prática desse homicídio qualificado”, pontuou o delegado Márcio.

36 visualizações0 comentário

Comentarii

Evaluat(ă) cu 0 din 5 stele.
Încă nu există evaluări

Adaugă o evaluare
bottom of page