top of page

Instabilidade Política: Ação no TRE-TO Pode Resultar na Cassação de Governador e Vice do Tocantins


Foto: Vice governador Laurez Moreira e Governador Wanderlei Barbosa


O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) marcou o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pela “Coligação o Futuro é Pra Já” e pelo senador Irajá Silvestre (PSD) contra o governador Wanderlei Barbosa (Repu) e seu vice Laurez Moreira (PDT).


A sessão de julgamento está agendada para esta terça-feira (14), com início às 17h. A ação (AIJE nº 0601568-74.2022.6.27.0000) foi ajuizada pela coligação do senador e ex-candidato derrotado ao Palácio Araguaia, Irajá Silvestre. O motivo da ação é o suposto uso de servidores públicos na campanha eleitoral de Wanderlei Barbosa, provenientes da estrutura da Secretaria de Comunicação.


O processo teve seu último andamento em 07/03/2024, quando o relator, Desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, considerou que os documentos apresentados por Irajá não continham elementos novos para o processo, tratando-se apenas de links de matérias produzidas pela Secretaria de Comunicação do Estado e replicadas pela imprensa local.


O relator decidiu que esses documentos buscavam comprovar fatos ocorridos antes da propositura da demanda, sobre os quais os demandantes já tinham conhecimento. Por isso, determinou que a documentação fosse retirada do processo.


O Tocantins tem enfrentado um duro fato histórico, há mais de vinte anos um governador não termina mandato no estado, acarretando diversas consequências, sejam estruturais, econômicas e a falta de confiança do cidadão.

109 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page